TDAH – Déficit de Atenção e Hiperatividade

A psicoterapia cognitivo-comportamental é essencial para a melhora do TDAH.

Consiste em um padrão persistente de desatenção e/ou hiperatividade e comportamento impulsivo mais grave do que o esperado em crianças com idade e nível de desenvolvimento semelhantes.

Os sinais principais baseiam-se na história dos padrões de desenvolvimento da criança e na observação direta de situações que exigem atenção. As manifestações típicas incluem falar excessivamente, incapacidade de interrupção, inquietação, interrupções frequentes, impaciência, dificuldade de organizar e terminar tarefas, destrutibilidade e esquecimentos.

Ocorre em 3 a 7% das crianças em idade escolar. Os sintomas manifestam-se geralmente a partir dos 3 anos.

O tratamento combinado costuma ser necessário – psicoterapia e farmacoterapia.